O vento que dá nas canas do canavial

Monday, October 22, 2018



Romana* saiu à rua num dia assim 
Naquele lugar sem nome para qualquer fim
Uma gota de suor pela face cai 
E um rio de adrenalina do peito aberto sai

O vento que dá nas canas do canavial
E a força dum ciclista de Portugal
E o som da pedaleira como um clarim do céu
Vão dizendo em toda a parte que esta bicicleta rendeu

Teu sangue, ciclista, reclama outra estrada igual
Só olho por olho e dente por dente vale
A lei mudou as regras de quem circulou
Teu corpo pertence à terra que te abraçou

Aqui te afirmamos dente por dente assim
Que um dia rirá melhor quem rirá por fim
Na curva da estrada há carros parados no chão
E por todos passam bicicletas duma nação...


* Romana é o nome da minha bicicleta :) 

Flying Pigeons : Pombos Voadores

Friday, August 17, 2018


Flying Pigeon (Chinese: 飞鸽; Pinyin: fēigē) is a Chinese bicycle company based in Tianjin, a direct-controlled municipality, in Northeastern China. More than 500 million Flying Pigeon PA-02 bicycles have been made since 1950, more, as of 2007, than any other model of vehicle. The next closest vehicle model is the Honda Super Cub motorcycle, which passed 60 million in 2008, and 100 million in 2017. https://en.wikipedia.org/wiki/Flying_Pigeon



Um pulinho à Bélgica

Sunday, October 29, 2017

Fomos numas mini-férias à Bélgica onde visitámos a correr Bruxelas, Brugge (Bruges) e Gent.

A Bélgica é um país que se calhar tem má fama turística e por muitos apelidada do "penico da europa" - disseram-me lá que chove mais que em Londres - mas é imerecido pois é um país muito bonito com cidades lindas e acima de tudo gente simpática (muito mais que os franciús!).

Há bicicletas por todo o lado, quer na grande metrópole (onde só andámos pelo centro) quer nas "cidadezitas" de Brugge e de Gent, mesmo com um clima onde está sempre a chover parece que nada os demove de se locomoverem de forma rápida em duas rodas...













Existem vários modelos de sistema de bicicletas partilhadas, sendo que as dockless eram um pouco anárquicas e estavam em locais inusitados o que pode causar alguns transtornos.





Em termos de comida fiquei deveras surpreendido, mas as coisas são bem mais carotes que cá no nosso burgo... e o pão de lá é muito bom, tomámos o pequeno-almoço numa rede de padarias que tem pão com massa-mãe e farinha bio!










As cervejas são famosas e com razão, muitas delas são mesmo muito boas, mas algumas não valem a fama e o guito que custam!




E porque é que as cidades tem tanta gente a andar de bicicleta? Porque é que as pessoas preferem ir de bicicleta à chuva que ir de carros? São maluquinhos?!
Não... a razão é que se criam boas condições para se andar de bicicleta, e os obstáculos são reduzidos ou inexistentes...








Por exemplo, esta era a antiga artéria principal no centro de Bruxelas...

https://www.google.pt/maps/@50.84975,4.351059,3a,75y,214.93h,92.43t/data=!3m6!1e1!3m4!1sS6N2h03_1atTnD2wk1l2aw!2e0!7i13312!8i6656


e agora está bloqueada a transito automóvel e tem muito mais vida nas ruas!


Viam-se muitas Bromptons nas ruas, e eram mesmo muitas pois eu notei no meio de tanta bicicleta que eram as mais usadas em termos de dobráveis... depois entendi que se calhar era porque as pessoas conciliam muito a bicicleta e o transporte público, seja metro, bus ou comboio! Olha ali uma encaixadinha entre os bancos...


Mas de tudo o de bom que aconteceu nestas mini-férias o episódio mais giro foi este:



What are the odds?! Unbelievable! :)


Vale a pena! Ide e rolai pelo mundo...

Semana da Mobilidade Tagus Park

Tuesday, September 19, 2017


Há coisa de mês e meio mandei um mail ao Tagus Park a propôr que na Semana Europeia da Mobilidade fizessem algum tipo de evento na praça central com stands e empresas de bicicletas e com algumas sugestões de street food para dar vida a este espaço e sair da monotomia que este campus se tem tornado...

Caros,

Tendo em conta a atual mudança de sensibilidades na sociedade em prol de meios de mobilidade activa, sustentável, acessível e com benefícios de saúde e monetários, gostaria de sugerir que desafiassem algumas empresas para virem fazer um demo-day na reentreé após o período de férias no espaço público da praça central do Núcleo Central no Tagus Park.

A sugestão é um conjunto de empresas ligadas à mobilidade em bicicleta possam vir expôr alguns modelos e convidar os profissionais que trabalham no Tagus Park a experimentar.
Com a devida divulgação, basta um dia das 11h às 13h para apanhar a hora de almoço que é onde há mais fluxo pedonal.

Há de certeza muitas pessoas que podem um dia substituir o carro pela bicicleta e isso levaria a uma diminuição do fluxo de transito que todos os dias entupe as artérias do campus.

Algumas empresas que poderiam ser contactadas para estarem presentes num Bicycle Demo Day:
(nomes de algumas empresas e lojas)
entre muitas outras...

Seria também uma forma de demostrar dinamismo no parque de tecnologia que se encontra muito isolado e sem acesso a este tipo de comunicação/exposições.

Acrescento que para além das empresas de bicicletas, que viriam expor e permitir que as pessoas que cá trabalham e estudam pudessem ter informações e até experimentar, poderiam contactar algumas empresas de street-food para estarem presentes, como por exemplo algumas das que estão aqui mencionadas:
https://www.timeout.pt/lisboa/pt/restaurantes/as-melhores-carrinhas-de-street-food-em-lisboa

De 15 a 22 de setembro é a Semana Europeia da Mobilidade pelo que fazer algures nessa semana seria o ideal para motivar as pessoas a que mudem o chip e arrisquem a usar meios alternativos. 
(ver anexo)
https://www.apambiente.pt/index.php?ref=19&subref=138&sub2ref=168&sub3ref=173

O "Bike to work day" na Semana da Mobilidade este não está definido :(

O "cycling work day" nos USA é a 13 de setembro: https://www.cycletoworkday.org/

Fica a sugestão...

Cmpts


Hoje dia 19 de setembro em plena Semana Europeia da Mobilidade lá estava a praça a ser ocupada por aquilo que alguns ainda acham que será o futuro... quando há muito que já deveriamos estar a optar por outras soluções de mobilidade...



Lançamento do novo modelo da Opel, ainda por cima com o conhecimento que hoje já existe, com motorizações a diesel...

Obviamente que a marca não tem culpa, está a fazer o seu negócio, mas os nossos responsáveis, sejam políticos sejam de entidades privadas, continuam com o foco errado no que concerne à mobilidade.


Eu vou de bicicleta, mas os outros ficam ali cada um na sua latinha a espumar da boca para fazerem 500 mts em 15 a 20 minutos!!

Ás 19h00 pelos vistos estava ainda melhor! (segundo um colega meu que me enviou o print)


 

BiciCultura

Visite o Planeta BiciCultura

Visitas

Pesquisa

mais lidas

Tags